Os Segredos do Discurso Religioso Guardados a 7 chaves

Heverson BarbosaArtigos de oratóriaLeave a Comment

Os-Segredos-do-discurso-religioso-Guardados-a-7-chaves-oratória


A religião está presente no mundo inteiro há milhares de anos, não importa qual seja a bandeira, seus interlocutores sempre apresentam discursos persuasivos e capazes de prender a atenção dos fiéis. Todas as igrejas atuam com a mesma missão: a de propagar a mensagem do divino.

Mas será que existe algum segredo? Será a mensagem de Deus? A mensagem de fé? A promessa de dias melhores? Ou seria a capacidade de persuasão dos seus interlocutores?

Não se sabe ao certo se é apenas um item ou se uma mistura de todos eles, mas algo é fato o comunicador que está no papel de interlocutor da mensagem do divino tem muito conhecimento na comunicação persuasiva.

O que antes era tido como o dom da palavra, o mensageiro religioso, mesmo sem estudar e debruçar-se sobre livros, era capaz de ficar horas falando sobre a mensagem do divino, com sua comunidade, de forma a conquistar sua audiência e novos seguidores.

Hoje, apesar de ter o mesmo sentido religioso, um líder sabe que não basta conhecer a palavra, é preciso conhecer sobre comunicação, comunicação persuasiva, comunicação assertiva e outras técnicas capazes de aproximar ainda mais o fiel. 

Sempre existiram diversas religiões e hoje mais do que a mensagem, o interlocutor busca formas de conquistar a plateia, é preciso gerar aproximação com os frequentadores do espaço. Seja através das ideias religiosas comuns, ou mesmo pelo discurso eloquente e capaz de comover as pessoas com sua fala religiosa.

O discurso religioso deve ter alguns itens para ser bem-sucedido.

Aproximação

O mensageiro deve usar uma linguagem capaz de gerar aproximação com seu público. As pessoas gostam de se sentirem incluídas no contexto, ter algo em comum com a mensagem. Já percebeu como muitos discursos religiosos são capazes de fazer o público chorar e se emocionar profundamente? Pois bem, nesse caso podemos dizer que gerou aproximação.

Metáfora

Os discursos religiosos, até por conta dos livros que usam como base – (o principal deles é a Bíblia, na maioria das religiões) – usam sempre metáforas, ou seja, figuras de linguagem que produzem sentidos figurados por meio de comparações, esse recursos de linguagem no discurso faz com que o fiel (ouvinte) tenha a capacidade de visualizar o que está sendo dito, o que gera ainda mais aproximação com a mensagem.

Intimidação

O discurso religioso apresenta em muitas das vezes certa intimidação, faz com que o fiel sinta medo do divino, de ser castigado, de não ser reconhecido na comunidade, ou outro medo pessoal. Essa técnica de linguagem também é bastante usada nos discursos religiosos.

Elogio

Da mesma forma que o líder religioso tem a capacidade de intimidar ele é capaz de tecer elogios aos fiéis de forma com que se sintam acolhidos pela igreja ou instituição religiosa. O mensageiro – líder religioso – traz elogios a virtudes comuns aos seres humanos; – caridade, amor ao próximo, doação, partilha, perdão, generosidade -; os elogios são capazes de prender a atenção do ouvinte e gerar sentimentos bons – alegria, gratidão, generosidade.

Promessa

Outra mensagem embutida nos discursos religiosos é a da promessa – de dias melhores, do perdão, da vida eterna, da salvação, da evolução e por aí vai – aí entra a fé, a religiosidade, a crença em algo melhor. O discurso religioso deve sempre gerar alegria e acima de tudo a promessa de dias melhores. 

História

Todas as pessoas adoram uma história bem contada, ainda mais se ela causar emoção ou tiver alguma semelhança com a sua própria vida ou a de algum conhecido. Por isso essa técnica de contar histórias é bastante usada nos discursos religiosos, por gerar aproximação e também por mexer com o lado emocional do indivíduo, atinge a parte inconsciente do cérebro.

Postura Corporal

Todo discurso religioso deve gerar influência e além de itens específicos do contexto religioso, não se pode esquecer de técnicas de oratória usualmente para qualquer área quando se fala em influência e persuasão. 

A postura corporal sem dúvida é uma das mais importantes. Lembre-se que o corpo fala, então fique atento aos gestos, ele deve estar de acordo com o discurso, em momentos mais calmos evite gesticular muito, já em momentos mais inflamados da mensagem abuse de tons de voz mais altos e também de gestos largos. Nos discursos religiosos, em algumas vezes, são inclusive usados gestos impositivos.

Expressões faciais também fazem parte do contexto, então demonstre alegria e tristeza, conforme seu discurso.

Fala

A maneira de falar tem bastante influência, mais até do que a mensagem em si, então tenha firmeza na voz, fale com tranquilidade e naturalidade de modo que demonstre conhecer o conteúdo que está sendo apresentado, tenha um discurso contínuo, não fique vagando ou então transitando por diversos assuntos aleatórios, isso pode gerar confusão no ouvinte e gerar desinteresse pela mensagem. 

Olho no olho

Falar olhando diretamente para o seu público demonstra confiança e empatia. Então tenha presença de palco, ande no seu espaço de modo que todas as pessoas consigam te olhar e você olhar em todas as direções. Mas atenção, seus gestos devem ser calmos e naturais, nada de andar muito pra lá e pra cá, pode causar estresse visual no público.

Enfim, mais que transmitir a mensagem de amor, o líder religioso é o mensageiro entre Deus e o ser humano. Deve ser exemplo e demonstrar coerência com o que diz e o que pratica em seu dia a dia. Ele deve sempre se lembrar que é uma figura pública em seu meio, por isso, respeitar a todos e agir sempre com gentileza. 

Quer melhorar sua oratória para ter uma pregação mais eloquente?

Conheça o Transformatória Maestria, o curso de oratória mais transformador do Brasil

Fale conosco, o melhor curso de oratória em Curitiba, pelo WhatsApp (41)99999-7377, basta clicar aqui!

Confira outros artigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.